Home
História
Diretoria
Integrantes
Notícias
 
- Clube Freio de Prata
- Espaço Veterinário
- Notícias
Cavalgadas e Eventos
Fotos
Agenda de Eventos
Contato
 

25/12 - Cinara Mattei
27/12 - Gilnei Heller
30/12 - Renate Follmann
Patrocinadores
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
14/03/2016


Cavalos e Cocheiras
 


Você deixa o seu cavalo na maior parte do tempo dentro de uma cocheira?
Nesse artigo falaremos:
1. Por que a cocheira é um mal;
2. Possíveis problemas de acordo com o tempo de confinamento;
3. Quando ela é necessária;
4. Como os malefícios podem ser minimizados;
5. Por último, qual seria uma boa alternativa.

1. Malefícios
• O cavalo é um animal essencialmente de movimentos
A trabalho ou até mesmo apenas pastando em liberdade ele está quase todo tempo em movimento. Parado mesmo ele só fica umas quatro ou cinco horas por dia para descansar e dormir. Mesmo assim de forma não contínua, esta é uma das suas estratégias de sobrevivência, para não ser encontrado facilmente pelos predadores.
• Comportamento natural
Quando um equino está contente ele gosta de dar umas arrancadas, pulos, corridas e até esbarradas. Ele precisa se exercitar para estar condicionado fisicamente. Dentro da cocheira fechada esse instinto de sobrevivência fica bloqueado e o equino frustrado.
• A privação de contato com seus amigos ou semelhantes.
O equino é um animal de grupo, estar sozinho significa uma privação social terrível. Imaginem nós humanos sermos obrigados a ficar trancados num quarto por doze ou mais horas todos os dias, sem televisão, sem alguém para conversar, sem celular, enfim sem nada para nos entretermos ou nos ocuparmos.
Tédio, ansiedade, tristeza, depressão, mau humor são algumas das consequências da tripla conjugação de solidão com ociosidade e falta de espaço.
• Cocheira individual está longe de ser o ideal
Como animal de grupo, sempre que os equinos vão dormir um deles, em revezamento, permanece acordado com a função de dar sinais de alerta se alguma ameaça aparecer.
Mas numa cocheira individual o equino não pode contar com o companheiro, fazendo com que se sinta vulnerável quando está dormindo sozinho e assim não descansa como deveria.
• Não é da natureza do cavalo se alimentar e nem deitar perto das suas próprias fezes e urinas.
Para que isso não aconteça precisaríamos limpá-la várias vezes por dia, o que normalmente não ocorre. Além disso, cama suja é ruim para saúde do casco, da pele e do sistema respiratório.
2. Possíveis problemas de acordo com o tempo de confinamento:
1. A curto prazo:
O confinamento na cocheira pode ser a causa de excessivas excitações e de nervosismo.
2. A médio prazo:
A ociosidade e o tédio do encocheiramento por muitas horas seguidas geralmente são a causa de mau humor e de vícios de comportamento como engolir ar (aerofagia), tique de urso, etc.
3. A longo prazo:
Um sedentarismo obrigatório, decorrente da imposição de ficar trancafiado várias horas por dia numa concheira, representa para o equino quase uma sentença de morte anunciada.
3. QUANDO A COCHEIRA É UM MAL MENOR OU NECESSÁRIO?
Em várias situações como:
• Animal com algum problema de saúde precisa, por tratamento, de privação de movimentos e de abrigo;
• Quando não dispõe de campos ou piquetes para deixá-lo solto. Nesse caso a cocheira passa a ser um mal menor do que soltar o cavalo nas ruas;
• Quando só possuímos pastos ou piquetes que ficam na beira de ruas ou estradas. À noite “todo gato é pardo”;
• Quando em áreas urbanas de metrópoles é preciso manter grande número de cavalos para policiamento, hipismo e exposições.
• Quando fora da cocheira a temperatura estiver abaixo de zero graus célsius e junto correr chuva prolongada.

4. COMO MINIMIZAR OS MALEFÍCIOS DO ENCOCHEIRAMENTO?
• Retirando o cavalo da cocheira várias horas, todos os dias;
• Equipando a cocheira com entretenimentos como bolas penduradas e espelhos altos;
• Cocheiras devem ter as divisórias internas com paredes só até a altura do peito ou da cernelha. Daí para cima a divisão fica livre;
• A cocheira deve ser ampla, de forma que não fique, por falta de suficiente espaço, a pisotear sobre a sua própria sujeira;
• O cocho deve ter altura baixa, de forma a permitir que o animal possa se alimentar com o pescoço para baixo;
• A cocheira, deve ser bem arejada e recebe sol algumas horas por dia.
• A cocheira deve ser limpa sempre que estiver suja e não só uma única vez por dia.

5. ALTERNATIVA – QUAL SERIA UMA BOA ALTERNATIVA PARA A COCHEIRA?
Modernamente nos países de clima frio, mesmo onde constroem muitas cocheiras lado a lado, hoje há uma tendência de construírem cada uma com uma pequena área anexa individual, de livre acesso, que funciona como solário e local para o animal relaxar um pouco do confinamento maior.
Mas o ideal mesmo seria não precisarmos das cocheiras. Caso sejam necessárias então uma boa alternativa seria substituí-las por abrigos, de livre acesso nos pastos e piquetes, onde os cochos, com divisórias de individualização, e os animais estivessem protegidos das intempéries mais drásticas como vento excessivamente frio, prolongada chuva intensa e sol muito forte.

VEJA TAMBÉM

01/12/2015 - As Interessantes Curiosidades sobe Cavalos
30/10/2015 - 10 coisas que devemos saber antes de comprar um cavalo
06/05/2015 - Raças Manga Larga Marchador
26/05/2014 - Acidente com cavalos
© - Ideia Good - Soluções para Internet